2 de junho de 2008

Não quero mais ser apenas polemista ou apologista

Paulo Silvano

Descobri que, mesmo convicto de alguns postulados, não quero mais ser apenas polemista ou apologista. A minha alma, como a de qualquer mortal deslumbrado por ter achado tão grande tesouro, abre mão das "verdades" possuídas e das possuidoras e, inebriada pelo vislumbre do mistério da graça de Deus, resigna- se a porfiar em permanecer ao pé da cruz que consumou essa graça, até que, desvendado integralmente o mistério, eu, despido de disfarces e malícia, possa também afirmar que não me glorio "senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu para o mundo”.

10 comentários:

Rodrigo Tecelão disse...

Grande Paulo!
Para se desvendar integralmente os mistérios da cruz (consumação da graça), antes é necessário nos empenharmos em desvendar integralmente, com a ajuda do Espírito Santo de Deus, os mistérios da Vida e Obra de Jesus (o início da graça); Lembrando sempre que Ele foi a única emanação da verdade e do caminho para a vida, autorizada pelo Deus Altíssimo de toda a criação(toda a graça foi concluída na vida, obra e sacrifício do filho do Deus Vivo).

A propósito: O texto é assinado por você ou foi dirigido a você?

Paulo Silvano disse...

Caro Rodrigo,
Obrigado por tão nobre comentário. Realmente eu assino esse texto.

Um abraço,
Paulo Silvano

Rodrigo Tecelão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daladier Lima disse...

Parabéns pelo seu post, que resume em poucas palavras muitas verdades.

Sabe, ás vezes eu olho para a blogosfera e parece que muitas vezes importamos para cá a arrogância típica dos púlpitos. Isso não seria de todo mau, se em nada contribuísse para crescimento do evangelho.

O "Já estou crucificado com Cristo" fica parecendo "Já crucifiquei a Crito".

Catarina Ferreira disse...

genial!

Anchieta Campos disse...

Admiro o nobre pastor Paulo Silvano pela sua singular habilidade de nos proporcinar textos profundos com a marca de poucas linhas.

Deus abençoe o amado grandemente. Em nome de Jesus.

Abraços.

Anchieta Campos

Daladier Lima disse...

Leia-se Cristo, ao invés de Crito.

Mauricio Abreu de Carvalho disse...

Oi Paulo

A denúncia é importante acompanhada da solução,podemos chamar de correção. Os profetas bíblicos assim faziam. O que temos percebido é a denúncia pela denúncia, realmente isso não leva a nada. Apenas alimenta a vaidade e presunção de quem se acha melhor do que o outro.

Um abração

Juber Donizete Gonçalves disse...

Prezado Paulo,

Em um texto como este, que sintetizou de forma tão clara um pensamento, não tenho praticamente nada a acrescentar, a não ser assinar em baixo, e dizer como o apóstolo Paulo: "Julguei não dever saber coisa alguma entre vós, senão Jesus Cristo, e este crucificado".

Abraço,

Juber

Edu Neves disse...

Muito bom!!!
Que o Senhor continue iluminando o irmão.

Que Jesus nosso Deus e Salvador te abençoe.Amém.

Eduardo Neves.