16 de maio de 2009

ONDE CHEGOU A IGREJA


Richard Halverson

No início, a igreja era um grupo de homens centrados no Cristo vivo.

Então, a igreja chegou à Grécia e tornou-se uma filosofia.

Depois, chegou à Roma e tornou-se uma instituição.

Em seguida, à Europa e tornou-se uma cultura.

E, finalmente, chegou à América e tornou-se um negócio.
.

9 comentários:

alex carrari disse...

Eis uma relação dialética complexa, ainda mais em se tratando de uma questão ontológica, seja, que o envolvimento do Cristo na existência constitui a a definitiva proposta de realização do ser. Quando a igreja que deveria ser nada mais nada menos que os "tirados para fora", torna-se organização sufocando o organismo, ignora a realização do ser, impedindo a manifestação do Cristo no meio do seu povo.Um grande negócio, não para o Reino de Deus, mas para o das trevas. O que me consola meu amigo é saber que existem ainda sete mil que não se dobraram a baal, e que a auróra de um novo dia se anuncia. Com fé, resistência e submissão labutamos por este dia.

Grande abraço

Alex

Pr Elder Sacal Cunha disse...

Olá caro Pr.
Excelente postagem.
Atualmente temos vistro que a igreja de Jesus deixou de ser uma organização e se tornou uma associação onde homens e mulheres se reunem visando seus próprios beneficios e sanar suas dificuldades.

Forte abraço e que o Senhor continue lhe abençoando..são os meus votos
Pr Elder
http://eldersacalcunha.blogspot.com

Danilo Fernandes disse...

Navegando por ai achei seu blog. Surpresa boa. Vou segui-lo a partir de agora. Quando tiver um tempinho, vá visitar meu blog também, o Genizah.

A paz!

Danilo


http://genizah-virtual.blogspot.com/

EDILSON VALDECI disse...

A paz querido pastor Paulo,

A palavra de Deus ao meu ver está em total cumprimento, quando observo o crescimento desordenado do evangelho que trocou a mensagem da cruz, pela teologia da prosperidade. Fico triste por ver muitos incautos sendo levados por ventos de doutrinas de homens. Mas o autor e consumador de nossa fé está vendo tudo isso. Que o Deus todo poderoso continue lhe abençoando.

mrs1000 disse...

muito bom!!!!!!!!

zwinglio rodrigues disse...

Paulo Silvano, paz!!

Hoje fazem 11 dias que postei uma enquete em Dokimos, meu blog pessoal, com a seguinte pergunta:

"A Igreja Evangélica Tornou-se Uma Espécie de Mercado Religioso?"

Até então,

NÃO - 6% 1 voto

SIM - 47% 8 votos

ALGUMS DENOMINAÇÕES SIM - 47%8 votos

Partindo do pressuposto que nas chamadas denominações "mercadoras da fé" existem autênticos cristãos, assim como nas que estão a margem dessa titulação existem pseudos crentes... podemos concluir que até então, o resultado é de 94%[16 votos] que indicam que a Igreja Evangélica tornou-se uma espécie de mercado religioso...

O caso é sério...

Abraços!!

Mayalu Moreira Felix disse...

Muito bom, esse raciocínio. Mas, por ser tão breve, desconsidera coisas importantes e absolutiza ideias que não deixam de ser válidas, mas não são universalmente verdade.

Um abraço,

Maya

Tales Paranahiba disse...

Epa,
E chegou no Brasil e virou samba e acabou tudo em pizza.

Paulo Eduardo Alves de Freitas disse...

Chegou no Brasil e virou carnaval.